Breentag
 
 , 17 de Outubro de 2017
   Revista - H&C - Household & Cosméticos
Ano V - nº 23 - Jan/Fev - 2004 


Sazonal Cosméticos

    spañol


Sais de banho representam mercado pouco explorado pelo consumo de massa e conquistam consumidores por lojas e serviços especializados em bem-estar

Foi na Grécia, do século XII ao VIII a.C., que os banhos e óleos perfumados ganharam destaque entre os cuidados de beleza. Os mitos gregos dessa época e a epopéia homérica informam sobre os hábitos de limpeza. Escovavam-se os dentes, lavavam-se os cabelos e banhavam-se com óleo de oliva, amêndoa ou gergelim. Na França do século XIX, já em nossa era, o banho e a limpeza eram usados pela burguesia para afirmar sua superioridade sobre o campesinato e a nascente classe operária.

No século seguinte, somente alguns afortunados europeus conseguiam manter abastadas moradias com banheiro e criados para transportar água. O banho turco portátil era a prática mais comum nesta época. Somente por volta de 1910, a água corrente chegou às residências mais ricas da América, alastrando a higiene corporal. De lá pra cá, a evolução foi tamanha que as casas públicas de banho são hoje representadas pelos Spa Day. Os óleos e substâncias aromáticas permanecem em cena, mas é com os sais de banho que o ser humano explora suas sensações neste momento de higiene que se transformou em minutos de prazer.
É claro que hoje em dia é muito mais difícil procurar ervas para enriquecer o banho. Para facilitar essa tarefa, o homem moderno criou a comercialização em larga escala dos sais de banho. Hoje, com a busca do consumidor por bem-estar, esses produtos ganham espaço no mercado cosmético. Adicionados à água, os sais de banho podem provocar sensações de relaxamento, energização, alívio de tensões e excitação.

Panorama – No Brasil, esse segmento ainda não traz pesquisas, relatórios ou números precisos de quantificação do seu tamanho, mas, segundo Alexandre Andres de Sousa, químico responsável pelos produtos da OX Cosméticos, este mercado está crescendo numa velocidade satisfatória. “Seguindo o conceito do cosmético sensorial (produto de beleza que transmite sensações de bem-estar e conforto), as empresas nacionais estão investindo fortemente nesse setor, inclusive a OX, tanto que o mercado apresenta uma característica de crescimento muito forte desde 2000”, afirma.
Contrariando a tendência apontada pelo executivo da OX, a Natura dá adeus ao segmento de sais de banho com a decisão de interromper a comercialização dos itens que correspondiam à linha de sais de banho da empresa. Procurada para explicar sua saída desse mercado, a empresa informou apenas que esses itens faziam parte do conjunto de lançamentos da linha Natura Ekos e que hoje não são mais comercializados. Mesmo sem grande representatividade no seu portfólio de produtos, o Boticário lançou uma novidade em sais na linha de sabonetes Ervas. Os sais possuem formato de bolinhas e se desmancham na água, por serem efervescentes, liberando uma fragrância de ervas.

Tradição inglesa – Ao contrário da Natura, a Lush, marca inglesa de cosméticos naturais e ecologicamente corretos que está no País desde 1999, tem os sais de banho entre seus produtos principais. São os chamados bath ballistics, bolas efervescentes aromáticas. A linha está sendo ampliada com a introdução de quatro novas variantes: sex bomb, phuket, absolute delight e lemon days and ginger beer. Segundo a empresa, os bath ballistics prometem amaciar a pele e espalhar pela casa as fragrâncias de sua composição. A outra novidade é o lançamento do bath tube, um tubo especialmente desenhado para guardar até três ballistics.
A empresa possui 29 ballistics e afirma ser a pioneira no desenvolvimento desses produtos, “tanto que detém a patente desse tipo de produto”. Para a subsidiária brasileira da Lush, os sais de banho representam 11% do total das vendas. O produto carro-chefe nesta categoria é o Softy Bath Ballistic, que contém essências de flores e lavanda que funcionam como calmantes e antidepressivos. O preço médio desse produto é de R$ 17,00 e contém 200g.
Com seis fábricas que abastecem todo mundo, a Lush destina ao Brasil produtos fabricados na matriz na Inglaterra. Por aqui, segundo a empresa, um local específico para manipulação foi criado, devido à maior sensibilidade dos produtos que não contêm conservantes e são trabalhados artesanalmente. A Lush dispõe de aproximadamente 250 itens e possui 200 lojas espalhadas pelo mundo. Destas, 14 estão em nosso País.

Terra brasilis – Para concorrer diretamente com a Lush, Karina Araújo criou a Originallis, empresa brasileira que fabrica sais de banho e sabonetes, entre outros produtos, com óleos essenciais puros. Os sais de banho da Originallis são vendidos nos formatos de coração e bolinha, e contêm bicarbonato de sódio, sal, óleos essenciais e flores. A empresa terceiriza a fabricação de todos os produtos comercializados em suas lojas.
A Originallis foi fundada em 1997 na capital carioca e tem hoje mais de mil itens sendo comercializados nas sete lojas que possui. “Trabalhamos na Originallis com o sistema de franquias e de representações onde o interessado pode entrar no site da empresa (www.originallis.com.br) e optar pelo modo de venda que preferir”, diz a proprietária. “Geralmente, as lojas multimarcas procuram as representações”, completa.
Segundo a executiva, 2004 será promissor para expandir as vendas de novas franquias, aumentar o faturamento e conquistar mais clientes. Nesse ano, a Originallis lançou 31 produtos diferentes, como o kit TPM, o spray para ambientes e deo-colônia, tudo a base de óleos essenciais.

Fonte primária – Além de acreditar no potencial do segmento, a brasileira Bio Essência investe na auto-suficiência em matérias-primas. A empresa fabricante de óleos essenciais mantém plantação própria em Barra Bonita/SP onde são cultivadas 15 plantas aromáticas diferentes nos 5 mil hectares de plantação. Lá, estão instaladas as unidades de extração com destilação a vapor e expressão a frio, controle de qualidade e o envase dos óleos essenciais.
A Bio Essência é uma ramificação da Dierbeger Óleos Essenciais S.A., empresa brasileira de proprietários alemães. “A Bio Essência atua no mercado nacional com a comercialização dos itens fabricados pela Dierbeger”, explica Francisco Alcides Segentin, diretor de vendas da Bio Essência. “Hoje, contamos com 32 tipos diferentes de óleos essenciais que estão no mercado desde dezembro de 2000”, diz Segentin.
“As novidades que o mercado de óleos essenciais apresenta para a fabricação de sais de banho são as essências de sândalo, esclarea, cedro e hidrolatos, águas aromáticas e florais”, afirma o diretor. As essências mais tradicionais, que, segundo Segentin, também possuem uma boa aceitação com o público são: alecrim, camomila, erva doce, eucalipto, gerânio e lavanda, entre outras.
“A Bio Essência foi fundada para concorrer com as empresas estrangeiras que dominavam o mercado nacional, principalmente a francesa La Florina”, conta o diretor da Bio Essência que explica por que os pontos de comercialização dos produtos da empresa são, principalmente, salões de massagem, spas urbanos, laboratórios de cosméticos e lojas de aromaterapia.

Locais especiais – Os sais de banho têm presença marcante nos spas day. O Kan Tui, por exemplo, com duas unidades na capital paulista, utiliza o banho relaxante com sais como um dos seus serviços principais. “Buscamos no Kan Tui, agregar um banho relaxante com produtos eficazes para contribuir com a melhoria da qualidade de vida das pessoas”, diz Marcos Motta, idealizador do espaço. Segundo ele, o Kan Tui possui cerca de 13 banhos diferentes que são escolhidos e indicados conforme a necessidade do cliente. “Nesse cardápio existe o porquê do banho, sua indicação e os efeitos, tudo numa combinação perfeita para cada problema específico”.
Cada banho dura cerca de uma hora e os mais escolhidos pelos clientes do Kan Tui são: de leite, tangerina, floresta e lama do mar Morto. O Kan Tui, além dos banhos, realiza um trabalho de massagens terapêuticas como shiatsu, reflexologia podal e drenagem linfática.

A sabedoria – Para Sílvia Segantini, aromaterapeuta do Kan Tui e consultora para spas, hotéis e clínicas, acredita que há desinformação em relação ao uso dos sais, tido como uma prática das últimas décadas. “A primeira menção do sal na história, trata-o como uma moeda e para algumas culturas, ele é considerado um elemento importante para a purificação e também de sabedoria”, diz Sílvia.

Sílvia trabalha há 10 anos com sais de banhos e, no começo de sua jornada profissional, só eram utilizados produtos italianos e franceses. “Hoje, temos bons itens fabricados no País, considero isso muito importante para valorizar a indústria local”, afirma Segantini.

Cheiro de bons negócios

Associados também ao conceito de busca por bem-estar, estão os óleos essenciais, utilizados para estimular, relaxar ou energizar o organismo. Eles possuem propriedades específicas e podem ser combinados entre si para provocar sensações nos seres humanos. Por exemplo: o óleo de lavanda relaxa o corpo, se utilizado em pequena quantidade; em grandes porções, estimula o sistema nervoso. Hortelã combate as dores de cabeça e ajuda na concentração. Grapefruit acaba com o cansaço muscular e mental. Para se utilizar à noite, um dos óleos mais indicados é o ylang-ylang, que também é afrodisíaco. O óleo de rosas, além de acalmar, estimula a sensualidade.

A psicoterapeuta Maria Mizrahi explica que os óleos concentrados precisam ser diluídos. “A quantidade dos óleos deve ser cuidadosamente medida antes do uso”. Segundo a especialista, os aromas despertam rapidamente o olfato, que é uma fonte primária de informações. Além dos agradáveis cheiros espalhados pela casa, as pessoas também podem submeter-se a banhos, massagens relaxantes e saunas com óleos apropriados para diminuir seus problemas. “Não há dúvidas do bem-estar causado pelo uso desses produtos”, afirma.
Silvia Segantini, aromaterapeuta do Kan Tui, alerta para a diferença entre essência e óleo essencial. “A essência não possui nenhum valor terapêutico ou princípio ativo, só perfume, mas o óleo essencial tem o princípio ativo da planta”.

 

Make UP São Paulo NMABCMakeUP SPAugeBreentagVitafoodsLubrizolAnastacioChemspecsAkzo NobelBASFLonza fullLipotecCleaning Products