Edição Anterior| Galeria de Fotos
 

Household & Auto Care 2012

Sustentabilidade, multifunção, Spa de roupa, bio-surfactantes, preservantes naturais, biodegradabilidade e mais uma infinidade de inovações e tendências que vão determinar o futuro do mercado de produtos de limpeza no Brasil.

As mais recentes inovações para o mercado de produtos de limpeza puderam ser conferidas por cerca 2,5 mil profissionais durante o seminário e a exposição do 10º Household & Auto Care, realizado de 3 a 5 de setembro, em São Paulo. “Acreditamos que o novo formato do evento, com o auditório no mesmo piso da exposição, trouxe uma maior interação entre profissionais e expositores”, avalia Luiz Alberto Bozzolo, diretor da Freedom Comunicações, que também destaca o grande número de participantes da Argentina, Paraguai, Uruguai, Colômbia, Bolívia, Equador, Peru e Chile.

Na abertura do evento, que contou com a participação de autoridades e representantes de entidades do setor, Bozzolo traçou o contexto em que está inserida a indústria de produtos de limpeza no País: “Neste novo cenário globalizado, acompanhar o avanço da tecnologia passa a ser cada vez mais uma obrigação das empresas e cada vez menos uma barreira de entrada aos concorrentes de menor porte”.

O executivo também citou iniciativas de empresas brasileiras, como o caso da Idealax, que lançou um amaciante com fragrâncias masculinas e femininas. “Isso prova que as pequenas empresas, que respondem por 95% do setor, têm acesso praticamente si-multâneo ao resto do planeta às mais avançadas matérias-primase tecnologias, que estão sendo desenvolvidas nos maiores laboratórios das grandes fornecedoras de matérias-primas, que permitem criar produtos inovadores, com apelos e eficiência que não deixam nada a desejar aos lançados pelas companhias globais. Essa parceria tem permitido também o desenvolvimento de soluções mais sustentáveis e ambientalmente corretas”, complementou.

Bozzolo lembrou ainda de João Lobarinhas Carneiro, diretor fundador da ABISA, que faleceu alguns dias antes do evento: “Gostaria de dedicar esta edição ao Dr. João Carneio, um dos fundadores da ABISA e uma pessoa que acreditou e apoiou a criação e desenvolvimento da Freedom Comunicações desde seu início, há mais de 20 anos”.

Já o advogado José Valverde Machado Filho, diretor do Departamento de Meio Ambiente da Fiesp, ressaltou a contribuição do setor na discussão e na construção dos acordos para a logística reversa e para a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Mais de 8 mil novos produtos em 2011
O engenheiro de alimentos e de segurança do trabalho e toxilogista, Francisco Alexandre Shammass de Mancilha, gerente geral substituto de Saneantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, ressaltou que, como em cada edição do evento são apresenta-dos novos ativos e tecnologia, isso é percebido no órgão regulador: “Nota-se também o crescente o número de consultas e de pedidos de registro na agência”. Além de compor a mesa de abertura, Mancilha ministrou palestra sobre os pontos relevantes para registro de saneantes e harmonizações de normas no Mercosul. Em 2011, a Anvisa recebeu 1,2 mil pedidos de registro de produtos saneantes e mais de 7 mil notificações de comercialização de produtos de baixo risco.

Um dos grandes destaques desta edição foi a participação Patrick Donnelly, CEO da American Oil Chemists Society (AOCS), uma sociedade científica mundial com mais de 100 anos, que reúne membros de 90 países interessados em gorduras, óleos, surfactantes, detergentes e materiais relacionados. O executivo, além de participar da abertura do evento, também apresentou a palestra “Breaking the Paradigm: Sustainable use of resources and technologies”, para mostrar as questões relacionadas a recursos e tecnologias sustentáveis e as maneiras de aplicá-los ao mercado, levantadas durante o último encontro da AOCS.

Também compuseram a mesa de abertura: Marcos Angelini, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Produtos de Limpeza e Afins (Abipla); Maria Eugênia Proença Saldanha, de vice-presidente da Asociación Latinoamericana de Artículos de Limpieza, Detergentes y Afines (Aliada) e presidente executiva da Abipla, e Lucas Câmara, presidente do Sindicato das Industrias de Limpeza e Afins (Sipla). Com a palestra “Brasil, o key player do mercado de home care”, Suzana de Medeiros Fontenelle, executiva do Euromonitor International, abordou participação do mercado brasileiro na indústria mundial. Em 2011, as vendas de produtos de limpeza doméstica totalizaram US$ 145,544 bilhões. O Brasil, com US$ 9,644 bilhões, detém a quarta posição no ranking mundial, com 4,7% de participação, atrás dos Estados Unidos, Japão e China. Entretanto, de acordo com a executiva, o Brasil será um dos países com maior taxa de crescimento nos próximos anos. O Euromonitor prevê que os principais fatores de crescimento serão o surgimento de novos métodos e conceitos de limpeza, novos formatos e dosagens, maior influência das mídias sociais e novas experiências de compra, tanto no que se refere ao produto quanto aos canais de venda.

Três dias de novidades
Para apresentar a tecnologia de polímeros híbridos, recentemente desenvolvida nos laboratórios da Akzo Nobel nos Estados Unidos, a companhia trouxe o diretor global de P&D de Fabric and Cleaning da Akzo Nobel, Maurice Dery. A inovação consiste na utilização de fontes renováveis para o desenvolvimento desses polímeros, resultando em uma solução muito mais sustentável para produtos usados em larga escala para limpeza doméstica, entre eles detergentes líquidos e em pó. A Akzo Nobel tem a meta de até 2015 ter 30% de sua receita vinda de produtos eco-premium.

No estande da Almad, os produtos em destaque foram os ácidos graxos, destilados de soja e a pasta de brilho que, segundo Maria Sueli Ramos, apresenta como vantagens o baixo custo e excelente performance. Uma das novidades da Bandeirante Brazmo foi o anúncio da chegada, em janeiro de 2013, dos surfactantes da empresa argentina TISA Tensoativos Industriais. De acordo com Márcio Luiz do Nascimento, gerente de mercado, os produtos são completamente biodegradáveis em todo o processo de fabricação e produção até a sua mineralização completa, sem impacto negativo ao meio ambiente ou em humanos.

A Bandeirante Brazmo também trouxe o norte-americano Patrick Kincaid, gerente de serviços técnicos da Akzo Nobel Quelantes, que apresentou palestra sobre a importância dos quelantes nas formulações de detergentes. Segundo o palestrante, um agente quelante pode influenciar na eficácia de um detergente e ainda agregar benefícios verdes à formulação. É o caso do GLDA, um agente com elevada solubilidade em ambos os pH (alto e baixo), 58% de base biológica e facilmente biodegradável.

A empresa reforçou ainda os produtos do portfólio que melhor se adéquam às tendências de formulações sustentáveis, como é o caso do Augeo Clean Mult, da Rhodia, usado como substituto dos solventes oxigenados em multiuso, limpeza de vidros e desen-graxantes. “O Household representa uma excelente oportunidade para reunirmos os mais importantes agentes da cadeia produtiva deste importante mercado”, avaliou Nascimento.

Com a palestra “Novas tecnologias para home care”, Luiz Antonio M. da Silva, gerente de desenvolvimento técnico regional de care chemicals para home care da Basf abordou as soluções da companhia para cuidados com a roupa e em possíveis mercados emergentes, como o de lava-louças automáticas. “Nós focamos o crescimento através da inovação e cooperação com nossos clientes. Nossos produtos químicos são de alta performance e orientados para as necessidades das indústrias, desenvolvidos com um suporte de plataforma global e com tecnologia Basf de alta qualidade”, destaca Jessica Artioli, do marketing de home care da Basf.

Laboratório acreditado no Inmetro na área e saneantes, a Bioagri participou do evento para apresentar seus serviços aos fabricantes de produtos de limpeza. “Entre os serviços que prestamos para o setor estão estudos de performance de produtos e desenvolvimento de metodologias na área de eficácia”, destacou o diretor técnico Márcio Gava. “Nosso foco é contribuir com o crescimento e fortalecimento das indústrias de saneantes, compartilhando o que há de mais precioso para nosso grupo, a credibilidade”, finalizou.

Menos tempo na limpeza
Considerando que cada vez mais os consumidores buscam produtos eficientes, que reduzam o tempo gasto com a limpeza doméstica, a química Ana Regina Coimbra, coordenadora do laboratório de aplicação para home care na América Latina da Clariant, apresentou no seminário as soluções que a empresa oferece para limpeza de superfície nas diferentes subcategorias. Essas soluções puderam ser conferidas também no estande da PIC Química. Ana Regina ficou surpresa com o aumento da participação de profissionais de outros países: “Vieram muitos participantes de outros países da região, especialmente Equador, Argentina e Colôm-bia, o que gera mais contatos”.

Uma formulação única com a dupla função de detergente lava-roupas e amaciante foi um dos exemplos que o químico Carlos Eduardo Silva, gerente de vendas de home care da Croda, apresentou em sua palestra “Multifuncionalidade em prática com as tec-nologias Croda”. De acordo com ele, a empresa oferece o aditivo Cirrasol ST para detergentes lava-roupas que atribui ao produto o benefício de também amaciar. O químico cita também o ModiSurf: “Trata-se de um aditivo que confere propriedades hidrofílicas às superfícies, formando um filme protetor e facilitando a limpeza”, explicou.

O Acusol 845, um novo polímero anti-redeposição da Dow Home Care, especialmente desenvolvido para detergentes líquidos para lavar roupas a fim de promover o claim de “roupas mais limpas e com aspecto de novas por mais tempo”, foi tema da palestra ministrada por Laércio Matos de Albuquerque, responsável pelo desenvolvimento de aplicações e serviços técnicos da Dow na América Latina. A Ecadil, indústria química com mais 40 anos e que detém 5% do mercado de herbicidas no Brasil, na área de saneantes apresentou sua linha de matérias-primas, como bases de amaciantes e quaternários. “Aproveitamos a oportunidade para também divulgar nossa linha de produtos de limpeza hospitalar e panos umedecidos”, contou Wilton Luiz Araújo, farmacêutico responsável.

A Indústria Química Anastácio, que atua no mercado de matérias-primas há mais de 70 anos e que pela primeira vez figurou entre as 1000 Melhores e Maiores Empresas do Brasil no Guia Exame 2011, destacou no evento o paradiclorobenzeno, usado para combater mofo, bolor, traças e utilizado como pedra sanitária. “Este produto é muito consumido pelos fabricantes do Nordeste, onde vendemos cerca de 50 toneladas”, informou Ceiane de Oliveira Gonçalves, gestora de produtos domissanitários. “O evento tornou-se um momento de grande valia para a Anastácio, onde o segmento de domissanitário tem crescido fortemente em comparação aos demais setores”, completou.

O engenheiro químico Giovanni Caritá Júnior, que detém duas patentes publicadas na área de biocidas, apresentou no seminário tecnologias sustentáveis para preservação de formulações de domissanitários, destacando os preservantes de base natural da Ipel.

Eficiência com menos ativos
A combinação das operações da Arch e da Lonza criou o maior negócio de controle microbiano do mundo, o Lonza Microbial Control, que no evento focou fórmulas de desinfetantes com alto desempenho com baixo teor de ativo que dispensam o uso de um preservante adicional, destacando blends como PHMB (Polihexametileno Biguanida) e os quartenários de última geração. Maurício Franzin apresentou em palestra as sinergias possíveis para atender as mais diversas necessidades do mercado.

A química Francine Shuster, gerente de marketing global para household, institucional e industrial da Lubrizol, que esteve no Brasil na edição de 2010, voltou este ano para destacar no seminário novos claims para formulações com um polímero que promove brilho e resistência às manchas para limpadores de superfícies, facilitando a limpeza na próxima vez. No estande da empresa, que tem a Dinaco como distribuidora exclusiva no Brasil, a analista de marketing Karina Teixeira falou sobre o pré-lançamento do polímero para tratamento de pisos e madeira, que aumenta consideravelmente o brilho e restaura superfícies que foram danificadas. “Com esse tratamento, um móvel riscado ganha aspecto de novo”, garante. A Lubrizol mostrou ainda uma formulação de lava-roupas para bebês com o tensoativo Sulfochem CSBZ, derivado do coco, e o espessante Glucamote VLT, que diminui a irritação do sistema e deixa a fórmula mais suave. Outra sugestão da empresa é um aromatizante de gaveta desenvolvido com Carbopol EZ4, espessante em formato gel para não vazar.

O Grupo M.Cassab aproveitou o evento para apresentar oficialmente sua nova equipe comercial para o mercado de household, que fica concentrada na matriz da companhia, na cidade de São Paulo. “Com uma equipe mais coesa e com maior conhecimento da linha de produtos e das aplicações para o segmento, a qualidade no atendimento e atenção dispensada aos clientes serão impactadas positivamente”, explica Gustavo Dosualdo, diretor da de LifeScience. Com a reestruturação, a empresa elaborou um plano de crescimento da área para este ano. “No primeiro semestre deste ano crescemos 10% em relação ao mesmo período do ano passado. Pretendemos encerrar 2012 com crescimento na casa dos 15%”, afirma o executivo. Para os próximos três anos, a expectativa é que o crescimento continue na ordem dos dois dígitos e acima da média do mercado para consolidar o grupo como um dos principais players para o mercado de household. Os visitantes puderam conferir no estande da M.Cassab o Hydrosal Fragrance, da espanhola Salvona, com nanotecnologia e que oferece propriedades multifuncionais para controlar a liberação da fragrância e ao mesmo tempo absorver o mau odor. “Em breve, traremos novos produtos para incrementar nossa linha e assim oferecer pacotes de produtos cada vez mais completos para nossos clientes”, anunciou Dosualdo.

A PQ Corporation participou do evento para apresentar sua linha de sílicas e zeólitos utilizados na produção de produtos de limpeza. “Também queremos reforçar nossa marca para o mercado”, disse Marina Gonçalves Leão, gerente de contas, lembrando que a PQ Corporation se fundiu com a Ineos Sílicas em 2008. Outro importante momento do evento foi a apresentação da química Luciana Leles Ortiz do Pinho, gerente de marketing estratégico da Oxiteno, que abordou os mercados e as tendências de tensoativos na América Látina, que de acordo com ela responde por 9% do consumo mundial de tensoativos primários (SRI) e deverá atingir a marca de 1,2 milhão de toneladas em 2014. O Brasil é o mercado que mais cresce na região, sendo o LAS o principal tensoativo no Brasil, respondendo por mais de 55% da demanda. “O Brasil tem ainda um grande potencial em bio-surfactants com uma grande diversidade de matérias-primas renováveis, sendo uma grande plataforma para óleo de soja, etanol e açúcar, entre outros”, disse. A Oxiteno acaba de fortalecer sua presença na América Latina, com a aquisição em maio deste ano da American Chemical por US$ 79 milhões. A companhia uruguaia possui uma fábrica em Montevidéu com capacidade de produção de 81 mil toneladas de especialidades químicas. Com a aquisição, a Oxiteno dá continuidade à expansão internacional de suas atividades, iniciada em 2003, com a aquisição da Canamex, atual Oxiteno México.

O portfólio da Oxiteno pode ser conferido pelos visitantes nos estandes da M.Cassab e também da GAP Química. O diretor da GAP, Paulo Lopes, avaliou que, com o aumento do poder aquisitivo e a busca de produtos que preservem o meio ambiente, a tendência é os fabricantes buscarem cada vez mais produtos que atendam as exigências de sustentabilidade.

Royale Fragrâncias é a nova identidade da antiga JD Royale Fragrâncias, que, de acordo com o gerente de vendas Fernandes Koodi Inoue, aproveitou o Household & Auto Care para comunicar a novidade aos clientes, além de divulgar as tendências e seus serviços para o desenvolvimento de fragrâncias para produtos limpeza.

Seminário exclusivo
A Novozymes promoveu um evento especial para os clientes durante o Household & Auto Care 2012, O Novozymes Customers Conference 2012 para apresentar novas soluções e aplicações para enzimas, que substituem com vantagens produtos químicos persistentes em sabões e detergentes na lavagem de roupas, pois são facilmente biodegradáveis, permitem lavagem a frio, recuperam os tecidos e são imbatíveis na remoção de manchas.

“A preocupação com o meio ambiente gerou a necessidade de tornar a cadeia produtiva dos detergentes domésticos mais sustentável, o que levou os fabricantes a reavaliarem suas formulações e a substituir ingredientes químicos por enzimas, que, aliás, são 100% biodegradáveis”, ressaltou a gerente de desen-volvimento de novos negócios e marketing da Novozymes, Adriana Guerra Maganhotto. Um dos exemplos de novas aplicações apresentados pela empresa foi um produto inédito no Brasil desenvolvido com a enzima celulase. Chamado de Cotton Spa, ao ser aplicado nas roupas, recupera cores e tecidos e corta as fibrilas esbranquiçadas que vão surgindo nas roupas de algodão a cada lavagem. As roupas ficam renovadas.

Os detergentes enzimáticos já respondem por 59% do mercado mundial de detergentes, sendo que a Novozymes detém 79% de participação no fornecimento de enzimas. O gerente comercial Daniel Stahlke explica que o segmento de household, em especial a indústria de lava-roupas, é uma parte muito significativa no volume total de enzimas industriais no mundo. “Essa demanda é que viabilizou a instalação da primeira planta para produção de enzimas em escala industrial na nossa região, localizada na cidade de Araucária-PR”, afirmou.

“Esse evento é um dos mais importantes para o setor na América Latina. Nossa participação tem como objetivo fortalecer ainda mais a nossa marca e presença, divulgando produtos e tecnologias para um merca-do em crescimento e ávido por soluções sustentáveis com base na biotecnologia”, finalizou Stahlke.

A Polyorganic levou para esta edição produtos de geração avançada, principalmente nos segmentos de limpadores multiuso e alvejantes sem cloro, em combinações isentas de fosfatos, além de novos conservan-tes e biocidas de múltipla ação. “O evento consegue reunir clientes de todo pais em busca de novos produ-tos, tecnologia e mais recentemente matérias-primas ética e ecologicamente corretas, além de propiciar um bate papo agradável e a possibilidade de rever muitos amigos”, destacou o diretor comercial Mauro Majero-wicz, que aposta na ascensão das classes C e D para o crescimento dos mercados focados pelo evento. Os diferenciais da linha de solventes Augeo Clean foi tema da palestra de Priscila Karan, gerente global de desenvolvimento de mercado da Rhodia Coatis. Criada nos laboratórios da empresa no Brasil, obedecendo aos critérios de sustentabilidade, a linha de solventes Augeo Clean Multi pode substituir com vantagens os solventes derivados de petróleo tradicionalmente utilizados nas formulações de limpadores. “Os produtos feitos com Augeo Clean Multi tem uma excelente performance, ficam livres dos cheiros fortes dos solventes convencionais e são menos agressivos à pele”, afirma Adrianne Pedrosa, diretora global de marketing da Rhodia Coatis. Trata-se de produto ecologicamente amigável, com uma pegada de carbono mais baixa, que mantém sua eficiência inalterada em formulações mais suaves, além de valorizar as fragrâncias contidas nos produtos desse segmento.

A Sinergia Química levou para o evento o espetáculo cênico “Hábitos de compra e de consumo de produtos de limpeza”, dirigido e produzido por Márcio Ferraz, com mais de 15 anos de experiência em produções au-diovisuais. A peça mostrou o dia a dia das donas de casa e a maneira como compram e usam seus produtos de limpeza, um universo ainda repleto de crendices, usos corretos, incorretos, inusitados e até perigosos. O objetivo da apresentação, de acordo com Ricardo Pedro, da Sinergia Química, é remeter à necessidade do conhecimento desse universo e usá-lo ferramenta estratégica no desenvolvimento de produtos de grande aceitação. O especialista também ministrou um mini curso sobre soluções para desenvolvimento de produtos.

11ª Edição ganha apoio
Luiz Alberto Bozzolo prevê que a participação internacional deverá ser ainda maior na edição de 2014: “Com a vinda do Dr. Patrick J. Donnely, CEO da AOCS, iniciamos tratativas para que a entidade participe mais efetivamente da programação do seminário e que possamos reunir profissionais, técnicos e cientistas do mundo todo para discutir as tendências em produtos de higiene e limpeza do lar”. Outro evento mundial já confirmado para 2014 é Novozymes Customers Conference for Sustainable Cleaning Solutions, que foi realizado pela primeira vez na Dinamarca, reunindo os principais executivos dos grandes players globais e que terá uma edição na América Latina dentro da programação do Hosehold & Auto Care 2014.

 

Expositores / Patrocinadores

  • Akzo Nobel
  • Almad
  • Americam Chemical
  • ANVISA
  • Ashland
  • Bandeirante Brazmo
  • Basf
  • Bioagri
  • Clariant
  • Croda
  • Dinaco
  • Dow Corning
  • Ecadil
  • Gap Química
  • Ipel Itibanil
  • Jd. Royale
  • Lonza
  • Lubrizol
  • M. Cassab
  • Oxiteno
  • Polyorganic Tecnologia
  • PQ Silicas
  • Química Anastácio
  • Quimisa
  • Rhodia
  • Sinergia Química

 

Informações para a Imprensa:

Estela Mendonça (MTb. 18463)
Tel. (11) 4693-4596 / (11) 8109-1102
E-mail: estela@freedom.inf.br